Capsule Wardrobe: How does it work?

 Como já mencionei algumas vezes antes, lancei-me um auto-desafio para minimalizar o meu consumo de moda, começando pelo tamanho do meu guarda-roupa. Por isso, decidi criar um armário cápsula. Vamos então fazer uma introdução ao conceito hoje aqui no blog.

 As I have mentioned some times before already, I have challenged myself to minimize my fashion consumption, starting with the size of my wardrobe. As so, I have decided to create a capsule wardrobe. Therefore, today we are making an introduction to the topic here on the blog.

O que é? E para que serve?

Na verdade, é um termo bem antigo que remonta os anos 70. Obrigada, Wikipedia ;). O conceito é ter um número reduzido de peças, que possibilitem o maior número de combinações possíveis e que não fiquem fora de moda durante um longo período de tempo.

 Hoje em dia, é muito associado ao estilo de vida minimalista, mas uma coisa não exige necessariamente a outra.

 Não existem regras, apenas algumas direções e dicas para tornar o guarda-roupa mais funcional e pessoal.

  É indicado:

-escolher uma palete de cores- assim, certificas-te que todas as cores favorecem-te, irás usa-las e todas as peças irão combinar entre si;

-considerar formato de corpo- esta deve ser uma guideline para todo e qualquer guarda-roupa, pois assim garantes que te sentirás confortável e confiante nos teus looks ;

-escolher peças atemporais, para durarem um maior período de tempo. A não ser que vás acolher e incorporar uma certa tendência no teu estilo e restante guarda-roupa facilmente, afasta-te de peças trendy.

-preferir roupa com maior qualidade- visto que precisas que durem por longos períodos de tempo e, por ter menos peças, como vais usá-las mais frequentemente e consequentemente lava-las mais vezes, precisas que elas aguentem o desgaste, sem perderem a sua forma original.

What is it? And what is it for?

  Actually, it is a very old concept, dating back to the 70’s. Thank you, Wikipedia 😉. It consist in having a small number of clothing items, that allow for the maximum combinations possible and don’t get out of fashion for a long period of time.

 Nowadays it is highly associated with a minimalistic lifestyle, but one thing does not require the other.

 There are no rules, just some guidelines and directions to make your wardrobe more functional and personal.

  It is appropriate to:

-Choose a color palette: that way you guarantee that all colors suit you, you will definitely wear them, and all pieces shall match each other;

-Consider your body shape: this should be a guideline for all wardrobes, so that you assure you’ll feel comfortable and confident in your outfits;

-Choose timeless pieces so that they last a long period of time. Unless you will easily embrace and incorporate a certain trend in your style and remainder wardrobe, stay away from trendy clothing;

-Prefer quality clothing: since you need it to last longer and because you have less clothing, so you’ll wear them, and consequently, wash them more often, they will have to stand the wear without falling apart.

Razões para adoptar o armário cápsula:

-se sentes que nunca tens nada para vestir, mesmo tendo um guarda-roupa cheio de coisas;

-se és comprador(a) ou acumulador(a) compulsivo/a;

-se achas que não tens um estilo próprio;

-se queres desafiar a tua criatividade e resourcefulness;

-se queres ter um guarda-roupa mais funcional e eficaz;

-se queres ter menos coisas.

 No meu caso, eu acho-me, não exatamente uma compradora compulsiva, mas sim mais uma acumuladora. Eu quero ter sempre tudo comigo, mesmo que não me sirva, que eu não goste, que não tenha para onde usar. “Porque nunca se sabe quando vai ser preciso”. Não é um estilo de vida saudável. Eu mudo de casa muitas vezes- e quando mudo, é logo de um país para o outro- e por isso, tenho dificuldades em levar tudo o que quero comigo. Todas as vezes ou pago peso extra ou uma mala inteira extra e dentro SÓ tenho roupa, não cabe mais nada: tecnologia, comida ou coisas para a casa, como lençóis e toalhas, que também preciso. Vou mudar-me de novo e quero ser capaz de fazer TUDO caber numa só mala de 23kg. Portanto, é esta a minha razão. E é importante definir uma razão desde o começo.

Reasons to start a capsule wardrobe:

 -if you feel you have nothing to wear, even though you have a closet full of clothes;

-if you are a compulsive buyer or hoarder;

-if you think you don’t have a personal style;

-if you want to challenge your creativity and resourcefulness;

-if you want to have a more functional and effective wardrobe;

-if you want to have less things.

In my case, I find myself more of a compulsive hoarder, than simply a compulsive buyer. I want to have everything with me at all times, even if it doesn’t fit me anymore, if I don’t like it or have nowhere to wear it to. “Because you never know when you might need it”. It is not a healthy lifestyle. I move a lot- and when I do, it’s always from country to country- so I have a hard time trying to pack everything I need. Every time I have to either pay extra weight or a full second luggage, and inside I have nothing else but clothing, since there is no space left for technology, food or things for the house, like sheets and towels, which I also need. I will be moving again soon, and I want to be able to fit EVERYTHING in only one 23kg bag. This is my reason. And it is very important to define your reason from the start.

Como fazê-lo?

1que tudo identificar as tuas necessidades.

-quais são as estações/condições climáticas?

-qual o teu estilo de vida? Quais ocasiões vão surgir?

-o que procuras nas roupas que usas? Conforto, confiança, elegância, praticalidade, etc.

-o que sentes falta no teu guarda-roupa atual? Precisas comprar alguma coisa para complementar o que já tens?

How to do it?

First, identify your needs.

-what are the seasons/climatic conditions?

-what is your lifestyle? What occasions will show up?

-what do you look for in the clothes that you wear? Comfort, confidence, elegance, practicality, etc.

-what do you miss in your current wardrobe? Do you need to buy anything to complement what you already have?

Com as condições definidas:

1o passo- Limpeza e Organização

-Retirar do atual guarda-roupa tudo o que não serve, não gostas, não está em condições, não usas com frequência, não te favorece;

-Tentar vender primeiro. O que não vender, doar. O que não está em condições, reciclar. RECICLAR, não é deitar no lixo. Aqui fazemos o mínimo esforço para não piorar ainda mais o planeta.

With those conditions already defined:

1st Step- Cleaning and Organising

-Remove from your closet everything that doesn’t fit, you don’t like, is not in good condition, you don’t wear often or doesn’t flatter you;

-Try to sell these items first. What you couldn’t sell, donate. What isn’t good enough to donate, recycle. RECYCLE is not throwing it in the can. Here we do the very least to not worsen the planet’s already debilitated condition.

2o passo- Avaliar o que restou

-Porque realmente gostas dessas peças, as usas com maior frequência, o que te atrai mais nelas e porque as queres guardar. Toda a peça de roupa TEM DE TER UMA RAZÃO para existir no teu guarda-roupa, senão nem devia estar lá. Pode ser “faz-me sentir bonita, confortável, condiz com tudo, dá um toque extra, é muito prático, útil, etc”.

2nd Step- Evaluate what is left

-Why do you really like these clothes, wear them most often, what is it about them that attracts you and why do you want to keep them. Every piece in your wardrobe MUST HAVE A REASON to be there, otherwise it shouldn’t be. I can be “because it makes me look pretty, comfortable, matches everything, gives it an extra touch, it is very practical, useful, etc”.

3o passo- Arranjar o que falta

-Com base nessas percepções, procurar as peças que faltam para completar o guarda-roupa básico/pretendido. Não é para ir às compras como uma desesperada semi-nua e tornar a encher o guarda-roupa. Muita gente começa/usa o armário cápsula como desculpa para começar de novo, deitar tudo fora e comprar tudo novo. Pode ser um cenário, mas não é essa a ideia. Com o teu gosto intuitivo já fizeste muitas escolhas bem, apenas tens de te aperceber delas, ganhar noção dos seus porquês e saber aplicar isso em toda a compra que é feita. Digo arranjar e não comprar per se, porque há sempre várias opções: lojas de 2a mão ou mesmo hand-me-downs de família e amigos. Eu sempre tendo aproveitar esses.

3rd Step- Get what’s missing

-Based on these perceptions, look for the pieces that are missing to complete the basic desired wardrobe. It is not about going shopping like a mad half-naked desperate and just filling up her/his wardrobe all over again. A lot of people actually use a capsule wardrobe as an excuse to start over, get rid of everything and buy everything brand new. That could be a scenario, but it’s not the idea.  With your intuitive taste, you have already made a lot of great choices, that you just have to realize about, gain notion of their reasons for being and apply that in every purchase you make. Notice I did not say “buy what is missing”, since there are always other options to shopping: 2nd hand stores or family and friend’s hand-me-downs. I always try to seize those.

4passo- Montar Lookbook

-Montar todos os looks e combinações possíveis, por peça ou por ocasião. Para testar a funcionalidade do guarda-roupa e já criar referências de fácil acesso da hora de vestir. Adeus, “não sei o que vestir”!

4th Step- Assemble Lookbook

-Put together all the looks and combinations possible, for each piece or for different occasions (casual, dressy, etc). To test the functionality of this wardrobe and already create references of easy access for when you are getting dressed. Goodbye “I have nothing to wear”!

 Side notes importantes: Ignora todas as “regras” de armário cápsula que estão por aí espalhadas. Especialmente, a lista de itens essenciais. O conteúdo de cada guarda-roupa vai variar consoante o estilo e estilo de vida de cada pessoa. Acredita em mim, que ignorares o teu estilo pessoal e seguires cegamente essas listas pré-feitas que encontra-se online, vais acabar com um armário que não te representa, não te deixa feliz ou confiante, nem facilita a tua vida!

 Important side notes: Ignore all the capsule wardrobe “rules” that are scattered all over the internet. Specially the list of essential items. The content of each wardrobe will vary from person to person, because of their style and lifestyle. Believe me, that if you ignore your personal style and follow blindly one of those pre-made lists that you find online, you’ll end up with a wardrobe that doesn’t represent you, doesn’t make you happy or confident, neither does it make your life easier!

Stay Classy ❤

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s